Manifesto

O ano era 1996. O lugar, o interior de São Paulo, mais precisamente em Ribeirão Preto. Terra do chope, do café e do calor. Tem quem chame de Califórnia brasileira. Mas praia, não tem não. Enquanto isso, eu era só o Marcelo Carneiro, carioca chegando em Ribeirão, empresário do ramo farmacêutico. Mal sabia que a decisão de investir o meu tempo em outra paixão ia me transformar no “Marcelo da Colorado”. Escolhi trabalhar com algo que não remedia, mas sim que previne doenças: cerveja, amigos e diversão. Assim nasceu a Colorado. Com um sorriso no rosto e a paixão em fazer cerveja.

A Cervejaria abriu as portas não com um, mas com oito chopes diferentes. Alto teor alcoólico, lupúlados, não filtrados, com ingredientes brasileiros.Tinha de tudo. Se é inusitado hoje, imagina em 1996, no interior de São Paulo. Teve gente que me chamou de louco. Mas sempre tive esse espírito Quixotesco, de viajar para explorar o mundo, mas que também volta pra casa e divide o que viu.

Foi nessa mistura de olhar pra fora com os pés no interior que a Colorado foi desbravando o seu caminho. Bebendo na fonte de estilos clássicos e fazendo releituras com ingredientes brasileiros.

Nossa pequena cervejaria foi colecionando prêmios pelo mundo. Cervejeiros respeitados tomavam um avião até Ribeirão só para beber Colorado e conhecer nossa casa. Daí pra frente, mais e mais pessoas foram provocadas a despertar para novos jeitos de beber cerveja. A ir além. Foi uma longa caminhada. 10 anos se passaram. Em 2005, chamei um pequeno, mas apaixonado, movimento local cervejeiro, e chegamos a conclusão de que só havia um caminho para a Colorado continuar crescendo e chegar a mais pessoas: ir além novamente. A Cervejaria deixou de produzir só chopes, foi para as garrafas vidro e batizamos nossas cervejas de trigo, Porter e India Pale Ale. A Colorado passou a ser uma marca. Até que de repente, meio sem aviso, chegou o urso que conhecemos. Por sinal, o urso pode ser considerado filho do Randy Mosher, um amigo de velhos tempos, respeitado cervejeiro e designer premiado. O Randy pintou o urso e os rótulos a mão, inspirado em referências brasileiras misturadas com estilos clássicos, de anos 50 a uma pitada de art deco. Uma metáfora visual do espírito explorador da Colorado, sem dogmas, que bebe do passado mas olha para o futuro. Saindo de 1996, Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e indo além dos limites do código de área em direção a um mundo de possibilidades.

As próximas páginas deste livro vão te levar a desbravar o território da Colorado, conhecer cada detalhe do habitat natural do urso e despertar para um jeito criativo, e bem brasileiro, de fazer cerveja. Pronto para desibernar? Abraços, Marcelo Carneiro – Fundador da Cervejaria Colorado

quem-somos-02.jpg
quem-somos-01.jpg
quem-somos-03.jpg
quem-somos-04.jpg

linha do tempo

senta que lá vem história...
1996

1996

É fundado o Brewpub da Colorado na Av. Independencia. O Marcelo já começa com uma grande variedade de cervejas.

2005

2005

Nasce a primeira cervejaria da Colorado na Rua Minas. Na foto o Laercio, primeiro funcionário da Colorado, conhecendo todos os espaços da cervejaria.

2006

2006

Marcelo e Randy Mosher criam junto o primerio logo da Colorado. O Americano é um dos designers mais respeitados no mundo cervejeiro e desenha até hoje todos os rotulos da marca.

2007

2007

Começamos a engarrafar as nossas cervejas. A primeira que envasamos foi a Appia, seguida de Cauim e Indica, primeira IPA brasileira, que começou a ganhar premios no mesmo ano. 

2008

2008

A Demoiselle ganha o primeiro Prêmio internacional da Colorado – Ouro no European Beer Start.

2010

2010

Lançamento da Ithaca, nossa Imperial Stout maturada em barril, com o nosso tipico toque brasileiro, a rapadura queimada.

2013

2013

A banda Titãs lançou uma English Brown Ale com casca de laranja. Uma edição limitada para comemorar os 30 anos do lançamento do álbum "Cabeça Dinossauro".

2016

2016

Inicio da nova operação na cervejaria da Anhanguera. Na foto o Laércio, primeiro funcionario da Colorado, conhecendo todos os espaços da nova cervejaria.